terça-feira, 12 de abril de 2011

Os viajantes mais azarados do mundo

Se você já passou por alguns infortúnios na sua viagem conheça a história do o casal de suécos Erika e Stefan Svanstrom. O sonho de passar três meses viajando de lua-de-mel se transformou em uma aventura. O casal que viajava com a filha Elinor pegou inundações na Austrália, a maior tempestade de neve do ano na Alemanha e até o terremoto no Japão, com direito ao tsunami. Um festival de catástrofes naturais.



Tudo começou com a primeira parada da viagem, Munique, onde enfrentaram o que a imprensa alemã classificou como a "tempestade de neve do século”. Depois, o casal foi pra Bali, onde enfrentou a fúria dos monções, com chuvas torrenciais que inundou a ilha indonesiana. Para tentar escapar do mau tempo, anteciparam a viagem para a próxima etapa: Perth, na Austrália.



Pena que em Perth vários incêndios destruíam a periferia da capital da Austrália ocidental. Melhor ir para Queensland, no norte, pensaram os turistas. Foi chegar a Cairns para presenciar a força do ciclone Yasi, um dos mais violentos já registrados na região.

Depois de uma noite do refúgio, junto com outras 2,5 mil pessoas, o casal decide ir para Brisbane, mas nem ali encontram tranqüilidade. Tudo alagado restou esperar no aeroporto até embarcar para fugir da maior inundação dos últimos cem anos.



Os sobreviventes Svanstrom voam para a Nova Zelândia, precisamente para Christchurch e chegam pouco depois de um terremoto, que destruiu a cidade. O casal decide ir para o Japão, claro que a tempo de viver todo o caos, tsunami e a crise nuclear. No dia 29 de março, a família finalmente encontra paz na China onde termina a aventura. Agora o casal está em casa, em Estocolmo, todos sãos e salvos. Ufa!

Nenhum comentário:

Postar um comentário