segunda-feira, 21 de março de 2011

Arquipélago Los Roques

Los Roques, a 145 quilômetros de Caracas, reúne todos os predicados que traduzem o Caribe no imaginário comum. Tem mar calmo, degradé de azul e verde, areia branquinha, palmeiras e árvores frondosas. E uma temperatura que oscila entre 29 e 34 graus. Além das 42 ilhotas, o arquipélago tem 250 bancos de areia, recifes, sedimentos calcários isolados no Atlântico, piscinas naturais, peixes multicoloridos e corais. Um paraíso para mergulhadores.



A única ilha povoada é Gran Roque com apenas 1.600 habitantes, onde se localiza o aeroporto e também todas as pousadas. O arquipélago consta de umas 50 ilhas distintas, as ilhas mais famosas são Francisqui, Nordisqui, Madrisqui e Crasqui.



Barrera de Cote

Um dos melhores pontos para mergulhar e ver a barreira de corais de Los Roques. Tem a água tão transparente que mesmo da superfície é possível observar peixes, anêmonas, corais.



Cayo de Agua

Selvagem, é um dos mais lindos cayos de Los Roques. É possível passar para uma ilha ao lado por um banco de areia.



Cayo Muerto

Sinônimo de ilha deserta perfeita: um pedacinho de praia de areia branca no meio do mar de um azul incrível. A 15 minutos de lancha.



Não perca em novembro o Festival da Lagosta, quando a temporada de pesca começa os restaurantes criam pratos diversos.



Paraíso que já foi descoberto pelos europeus, nãos seja o ultimo a descobrir essa Venezuela ainda intocada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário