segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Emissão de passaporte aumenta 110% em Araçatuba




As emissões de passaporte mais que dobraram no ano passado em comparação a 2009, segundo a chefia da Delegacia de Polícia Federal de Araçatuba. Em um ano, o número de passaportes emitidos saltou de 1.782 para 3743, o que deu um aumento de 110%.

De acordo com o delegado chefe da PF de Araçatuba, Rogério Giampaolli, e do responsável pelo setor de passaportes, Bruno Corrêa, Araçatuba é a delegacia que tem o atendimento mais rápido do Estado, com prazo de no máximo dois dias a partir do momento do agendamento no site da PF. A delegacia de Araçatuba atende também outras cidades da região. As sedes mais próximas da PF ficam em Jales e Três Lagoas (MS).

Atualmente a PF de Araçatuba possui capacidade para atender até 48 pessoas por dia. Anteriormente, o prazo de agendamento era de cerca de 50 dias. Depois do atendimento, os dados são enviados à Casa da Moeda, que emite o passaporte. Em seis dias úteis, o cidadão pode retirá-lo na sede da PF em que fez o agendamento. “É o atendimento mais rápido do Estado, até onde sabemos”, afirmou Corrêa. Hoje a PF de Araçatuba possui duas máquinas para preenchimento de dados de passaporte.

Para Sérgio Volpe, proprietário de uma agência de viagens, o aumento de emissão de passaportes está inteiramente ligado à queda do dólar, fazendo com que os brasileiros passem mais a viajar para o exterior. Volpe exemplificou que passageiros que antes só viajavam de ônibus, agora viajam de avião. Já os que viajavam sempre para o Nordeste, de avião, agora procuram viagens para o exterior. O empresário afirmou que só em 2010 vendeu cerca de 4 mil pacotes de viagem para fora do Brasil, o que representou 65% do total de passageiros. “No entanto, só aumentamos em grande quantidade o número de viagens, mas a receita não teve grande aumento, já que o dólar está em queda”, afirmou.

Volpe acredita que com isso, as viagens para o exterior ficarão mais frequentes, já que existem pacotes para o Caribe que custam mais baratos que viagens para resorts no Nordeste brasileiro. Para o Carnaval, o empresário acredita que destinos como Cancun (México), Punta Cana (República Dominicana) e Buenos Aires (Argentina) serão bastante procurados pelo baixo preço, que acabam saindo mais baratos, por exemplo, do que estadias em hotéis e aquisição de camarotes de blocos em Salvador. “Temos pacotes para Buenos Aires a partir de R$ 1,4 mil na temporada de Carnaval. Se for fora de temporada o valor é bem mais baixo”, encerrou.

Por Eduardo Fonseca

Nenhum comentário:

Postar um comentário