sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Top Top - Especial Halloween

Queria muito que a tradição do Halloween “pegasse” aqui no Brasil, mas enquanto não temos criancinhas pedindo doces em nossas portas, confira nosso ranking dos lugares mais assustadores de São Paulo.



Casa da Dona Yayá

Sebastiana de Mello Freire era uma rica senhora que sofria de problemas mentais. Viveu muitos anos trancada em sua chácara adaptada às suas necessidades, (a pedido dos médicos). Morreu em 1961 e sua moradia virou um centro cultural. O local é considerado mal assombrado, pois algumas pessoas afirmam que a antiga moradora ainda está vagando por ali.




Capela dos Aflitos

Esta capela fica no bairro da Liberdade em São Paulo. Existe uma lenda que diz que o nome deste santuário, foi dado em função dos escravos que eram enforcados próximo ao local (onde está a estação Liberdade do Metrô). Alguns moradores do bairro, afirmam escutar barulhos e vozes vindas da capela.



Edifício Joelma

Localizado no centro de São Paulo, este prédio pegou fogo nos anos 70 e duzentas pessoas morreram no incêndio. Depois da tragédia o edifício foi reformado, mesmo assim moradores afirmam ver vultos no local.




Castelinho da Rua Apa

Este castelinho situado na Rua Apa em São Paulo, hoje em ruínas, já foi de uma das famílias mais ricas da cidade na década 40. Nele habitavam Maria Cândida Reis e seus filhos, Armando e Álvaro. No dia 12 de maio de 1937, os corpos de mãe e filhos são encontrados no interior do imóvel. O caso rendeu manchetes durante vários dias nos principais jornais de São Paulo, desde o crime, ninguém consegue morar mais ali. O Castelinho já faz parte de contos de lendas urbanas de São Paulo, as pessoas que dizem ouvir e ver coisas no local, outras dizem passar mal ao entrar no local.




Para quem quer comemorar o Dia das Bruxas e se tiver coragem, estas são boas opções. Trick-or-Treat?

Um comentário:

  1. ::: Nossa, que post sensacional! Adorei as histórias! Já conhecia a do Joelma e do Castelinho. Sobre o Halloween, fico feliz que não pegue a tradição no Brasil. Eu não deixaria meu filho ficar batendo na porta dos vizinhos pedindo doce senão faria uma travessura. Deixa para os norte-americanos fazerem isso... rs

    ResponderExcluir