quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Machu Picchu

Em quíchua Machu Pikchu significa “velha montanha”, também chamada "cidade perdida dos Incas". A construção erguida no século 15 pela antiga civilização incaica atrai quase um milhão de visitantes por ano ao Peru, sua peculiar beleza natural e arquitetônica, somada ao mistério que se criou em torno da sua origem, transformou a cidade sagrada em um dos destinos mais populares do mundo.



O local permaneceu oculto durante cinco séculos, até ser descoberta de forma casual, em 1911, pelo explorador norte-americano Hiram Bingham. Depois de muitas especulações, a única certeza é que a cidade foi construída a 2.350 metros de altitude dos Andes peruanos e era um lugar sagrado, onde somente o inca, a nobreza, os sacerdotes e as mulheres escolhidas podiam entrar



Apenas cerca de 30% da cidade é de construção original, o restante foi reconstruído. As áreas reconstruídas são facilmente reconhecidas, pelo encaixe entre as pedras. A construção original é formada por pedras maiores, e com encaixes com pouco espaço entre as rochas.




A região onde a cidade foi construída, no alto de montanhas está submetida a constantes terremotos, porém o solo das áreas não trabalhadas possui um sistema de drenagem que consiste em capas de pedras trituradas e rochas para evitar o empoçamento da água das chuvas. 129 canais de drenagem se estendem por toda a área urbana, feitos para evitar a erosão.



Machu Picchu, foi reconhecida pela Unesco, em 1981, como Patrimônio Cultural e Natural da Humanidade. Em 2007, foi eleita uma das Sete Novas Maravilhas do Mundo pela New Open World Corporation (NOWC). Se encantar por Machu Picchu é algo inevitável, a combinação de natureza, história e mistério inspiram turistas do mundo todo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário