segunda-feira, 31 de maio de 2010

Zurique

É a maior cidade da Suíça e concentra aproximadamente 1 milhão de habitantes na sua área metropolitana. Zurique é também uma cidade charmosa, com belas construções, pequenas ruas destinadas apenas a pedestres e locais para banho nas cristalinas águas do rio Limmat.



Catedral Grossmünster

É uma das três igrejas principais em Zurique. Edificada em 1090 e ampliada no início do século XIV, ostentando três torres enormes cuja vista sobre Zurique é impressionante. Sua grandiosidade traz uma sensação de paz e tranqüilidade



Rio Limmat

O rio Limmat divide Zurique em duas partes. De um lado a parte histórica e do outro o núcleo financeiro. As suas águas verdes e tranquilas convidam ao repouso, em dias ensolarados suas margens enchem de habitantes locais.



BahnhofStrasse - Rua da Estação

Principal endereço comercial da cidade inicia-se na Bahnhofplatz, em frente à estação Central dos Comboios, prosseguindo de norte para sul, até atingir o Lago de Zurique. Este é o lugar certo para comprar aquele relógio suíço na loja Bucherer, uma das mais tradicionais relojoarias da cidade, ou então tentar decidir qual a caixa de chocolates mais apetitosa para levar.



Zürichhorn Park

Este parque fica a 20 minutos, do centro da cidade. É muito frequentado por habitantes de todas as idades, especialmente nos meses de verão.



Haus zur Vogelhar

Construída em 1316, funciona desde 1626 uma padaria, onde o pão é vendido através de uma pequena janela.



Cafe Schober

O melhor lugar para comprar chocolates, tomar chá, café com Amaretto ou apenas experimentar os famosos chocolates quentes Suíços. Cafe Schober é uma das mais tradicionais casas de chá de Zurique.




Zurique é acima de tudo uma cidade bonita. Construída às margens do lago Zürichsee, cortada pelo rio Limmat e cercada por montanhas que alternam o verde dos pinheiros com o branco das neves, tem sido repetidamente apontada como a cidade líder em todo o mundo, em termos de qualidade de vida. Visitar essa cidade é satisfação garantida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário